domingo, 28 de fevereiro de 2010

UFMA realiza seminário sobre Estágio nesta quinta

SÃO LUÍS - Nesta quinta-feira (4), a Universidade Federal do Maranhão (UFMA) realiza o Seminário de Estágio 2010, no Hotel Abbeville, no bairro do São Francisco, em São Luís. O evento organizado pela UFMA tem como finalidade trazer à tona os novos procedimentos adotados com relação aos estágios, obrigatórios ou não, pela Resolução nº 684 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe), a partir da Lei 11.788 - Lei de Estágio.

Dentre outras medidas, a Resolução nº 684 garante aos estudantes estagiários direitos básicos, tais como: carga horária fixa, que não interfira no período preestabelecido para a conclusão do curso, e atividades que contemplem de fato à prática do conhecimento acadêmico.

Buscando avançar nos procedimentos, na operacionalização e na avaliação do estágio, o Seminário 2010 traz como tema “Estágio na UFMA: realidades e perspectivas em movimento”, tendo como conferencista a Profª. Ms. Marise Marçalina de Castro Silva Rosa, do Departamento de Educação I da UFMA.

Para o Seminário, que ocorrerá especialmente para o público interno da Universidade, estão convidados coordenadores de cursos de graduação, coordenadores de estágio, secretários de cursos, representantes estudantis junto aos cursos, autoridades da UFMA, entre outros

Veja, abaixo, a programação do evento:

8h – Abertura

8h30 – Palestra: Estágio na UFMA: realidades e perspectivas em movimento. Conferencista: Profª. Ms. Marise Marçalina de Castro Silva Rosa – Departamento de Educação/UFMA

9h30 – Debate

10h – Estágio na UFMA, em 2009

Apresentação – Maria do Rosário de F. F. Braga - Coordenadora Geral de Estágio/UFMA

10h30 - Informe Especial PRH - Maria Elisa Cantanhede Lago Braga Borges, Pró-Reitora de Recursos Humanos

10h50 – Grupos de Trabalho

12h30 – Almoço (Hotel Abbeville)

14h – Grupos de Trabalho

16h – Apresentação dos resultados dos Grupos de Trabalho

18h – Encerramento

Com informações da Ascom/UFMA.

A juventude de Timbiras e a briga pelo poder

Timbiras virou o centro da polêmica no meio juvenil. Tudo começou com a surpreendente eleição da jovem Celinalda Silva para presidir o Conselho Municipal de Juventude. Tudo começou ai, mais ninguém sabe como pode terminar, pelos ânimos acirrados, parece que muitos lances eletrizantes ainda serão vividos.

Celinalda Silva que é membro da juventude do PSBD (Partido da Social Democracia Brasileira) derrotou o presidente do FORESTIM Daniel Glayson. Daniel era tido por muitos como candidato único e para alguns ele já tava até de salto alto se achando imbativel. Dizem que até a festa de comemoração já tava montada.

No dia da eleição, Daniel foi surpreendido com o lançamento da candidatura da jovem Celinalda Silva, uma jovem evangélica e militante do movimento de juventude como muitos outros, entretanto, era vista como discreta e sem ambição de cargo.

A surpresa não ficou só na candidatura, Celinalda "passeou" sobre Daniel que só conseguiu 03 votos, o seu e mais 02. O resultado deixou Daniel perplexo, e não era pra ser por menos, para quem esperava ser aclamado e sai derrotado por uma jovem tida como iniciante. Eu também ficaria!

INCONFORMADO
Após o resultado da eleição Daniel não se conformou e partiu contudo para cima de Ayriston Almeida, conhecido carinhosamente como Galego, que exerce o mandato de Conselheiro Estadual de Juventude justamente pelo FORESTIM, cujo presidente atualmente é Daniel.

Ayriston foi acusado de tramar a derrota de Daniel e de ter articulado o lançamento da candidatura de Celinalda Silva. E para dar o troco, Daniel ainda ameaça tirar Ayriston do CEJOVEM.

A TROPA DE CHOQUE
Um membro da juventude do PMDB (existe?) lançou nota favoravel a Daniel e reforçando as acusações contra Ayriston. Vale lembrar que Ayriston é filiado ao PDT, advrersário político do PMDB. Até ai o jovem, Dione só estava cumprindo seu papel político, ser contra sempre!

A resposta ao jovem Dione foi dada por Werley Macêdo que disse entre outras coisas que Dione não tem moral para falar de corrupção e lembrou que Dione já tinha sido acusado de ter desviado dinheiro de uma festa do orkut. O Caso segundo Werley chegou a parar na Promotoria da Cidade. e continuou: "Se Ayriston realmente tivesse pedido votos a Celinalda que crime teria cometido? Desde quando pedir votos é crime? Se eu fosse Conselheiro votaria na Celinalda. Não tenho nada contra Daniel, mais vejo a Celinalda com a mesma capacidade e com menos arrogância. É bom o Dione olhar para seu passado antes de acusar as pessoas, pois ele melhor que ninguém sabe o quanto é ruim ser mal falado."

EU?
Ayriston foi veemente ao rebater as críticas de Daniel e disse que nem para a reunião do Conselho Municipal fora convidado e lembrou que tem passado maior parte do tempo em São Luís estudando e continuou: "O Daniel precisa ser mais humilde, acredito que qualquer jovem de Timbiras possa presidir o Conselho. Esse cargo não é exlusividade de A ou B. Para mim qualquer jovem tem a capacidade para representar a juventude, eu mesmo fui um dos fundadores do FORESTIM, já Daniel preside por 04 anos e acha que só ele pode".

E continou: "Nunca prometir votos para Daniel, pois, nem Conselheiro Municipal eu sou. Se ele como candidato não conseguiu convercer as pessoas eu que sou culpado? se ele tivesse ganho era legitimo, como perdeu foi manobra? quer dizer que o Conselho só presta se ele for o Presidente? Não participei, mais não escondo que tou feliz pela Celinalda e desejo que ela faça um bom trabalho pela juventude de Timbiras. Ao Daniel desejo que ele seja mais humilde e menos rancoroso. Meu compromisso é com a juventude de Timbiras."

Quanto a vaga no Conselho Estadual, Ayriston se disse tranquilo, pois ainda que fosse substituido já estaria na história como um defensor da juventude timbirense, pois, todos sabem que ele ajudou e muito ao FORESTIM conseguir a vaga no CEJOVEM e lembrou que para ele a vaga é da juventude de Timbiras. Ayriston ainda deu uma provocada em Daniel ao perguntar: "A vaga é do FORESTIM ou do Presidente? Se é da Instituição, cabe a seus membros discutir, agora se é particular do Presidente, ele pode indicar quem quizer.No CEJOVEM, no FORESTIM ou em qualquer outro lugar darei minha contribuição para juventude de Timbiras."

Para finalizar Ayriston disse que sua fórmula para fazer política é não agredir as pessoas e sobretudo humildade em todos os momentos.

Taí, é esperar os próximos lances!

Coordenador da campanha de Dilma ajudou a financiar mensalão do PT


REVISTA ISTOÉ PUBLICA:

Fernando Pimentel teria usado obra superfaturada em BH para pagar Duda Mendonça

A investigação do escândalo de corrupção conhecido como Mensalão do PT demonstra que os recursos utilizados no esquema de caixa 2 do Partido dos Trabalhadores para supostamente comprar votos da base aliada no Congresso Federal também provinha dos cofres públicos, segundo reportagem da revista IstoÉ desta semana.

A publicação afirma ter tido acesso ao processo judicial com 69 mil páginas contendo laudos sigilosos da polícia federal, relatórios reservados do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), pareceres da Receita Federal e outras representações criminais que tramitam sob segredo de justiça em vários estados, cujo conteúdo demonstraria a origem estatal dos recursos do mensalão petista. O processo, que corre sob segredo de Justiça no Supremo Tribunal Federal (STF), dará embasamento para o voto do relator do caso, ministro Joaquim Barbosa.

O ex-prefeito de Belo Horizonte e coordenador da campanha presidencial da ministra Dilma Rousseff (Casa Civil), Fernando Pimentel, é citado pela primeira vez no caso. Ele é apontado como um dos operadores da remessa ilegal de recursos para o exterior, depois usados para pagamentos de dívidas com o publicitário Duda Mendonça. Segundo a denúncia do Ministério Público Mineiro, a origem desses recursos está em um contrato superfaturado da prefeitura de Belo Horizonte, feito durante a gestão de Pimentel.

Segundo a reportagem, depoimentos de testemunhas feitos em juízo provariam ainda que parte dos recursos provenientes do mensalão teriam custeado atividades privadas de interesse partidário, jogando por terra a versão, sustentada pela defesa petista, de que o dinheiro seria usado exclusivamente para pagar despesas de campanha.

Mala de R$ 1 milhão - Um dos destinos dados para esse dinheiro seria o envio de uma mala com R$ 1 milhão à executiva regional do PT do Rio Grande do Sul. O dinheiro teria sido usado pelos dirigentes estaduais do PT para pagar dívidas históricas acumuladas durante a realização do Fórum Social Mundial, criado por movimentos de esquerda e organizado pelo PT de Porto Alegre.

Os documentos supostamente ainda reúnem vários depoimentos de políticos e empresários que comprovam o pagamento de propina a deputados da base aliada do PT. Partidos como o PTB de Roberto Jefferson, ex-deputado responsável pelas primeiras denúncias do mensalão, o PL e o PP são citados nos laudos.

(Estadão Online)

"The Economist" aponta Sarney como exemplo de impunidade


Revista inglesa diz que diante de escândalos, como o da Lunus, a prisão de Arruda é “exemplar”

Reportagem na edição desta semana da revista inglesa “The Economist” – uma das mais conceituadas do mundo – denuncia casos de corrupção e impunidade na política brasileira, citando como exemplo o caso Lunus, ocorrido em março de 2002 no Maranhão.

A revista aponta o senador José Sarney como exemplo de impunidade no Brasil e considera a prisão do governador afastado do Distrito Federal, José Roberto Arruda, “incomum em um país onde políticos acusados de corrupção frequentemente nada perdem além de seus mandatos ou sua dignidade – e ainda assim parecem voltar rapidamente”.


“The Economist” mostra as fotos do R$ 1,5 milhão encontrado em 2002 no comitê de campanha da então pré-candidata à Presidência da República, Roseana Sarney para dizer que, com frequência, imagens revelam escândalos envolvendo políticos, dinheiro e corrupção. Mas que as filmagens em Brasília tiveram um fim surpreendente – a prisão.

Em julho de 2009, a longa lista de escândalos do Senado brasileiro chegou às páginas da revista britânica. Com o título de “Casa de Horrores” (“House of horrors”), a The Economist enfocou o escândalo dos atos secretos, a residência milionária (R$ 4 milhões) omitida pelo presidente José Sarney da Justiça Eleitoral, os negócios no crédito consignado de seu neto José Adriano Sarney, dentro da Casa, além da farra das passagens aéreas e a casa de R$ 5 milhões não declarada à Receita Federal pelo ex-diretor Agaciel Maia.

Com o irônico subtítulo “O que os parlamentares britânicos podem aprender com os senadores brasileiros” - por conta de recentes escândalos na Inglaterra em que deputados foram pegos usando dinheiro público para pagar contas particulares -, a reportagem citou que havia 10 mil servidores para tomar conta de apenas 81 senadores, que o plano de saúde dos parlamentares é gratuito e vitalício e que os auxílios-moradia são generosos. Sarney, na reportagem, é apontado como um “sobrevivente”.

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Câmara de São Luís já tem 22 vereadores ?

Enquanto a Assembléia Legislativa poderá perder um deputado, a Câmara de São Luís já ganhou mais um, pelo menos na cabeça da bancada do PC do B.

Uma cena que passou quase despercebida por muitos durante painel sobre o reajuste da tarifa do transporte, chamou atenção deste blog. Trata-se da presença do suplente de vereador professor Geraldo Castro (PC do B) que se encontrava no plenário da Câmara comportando como se fosse titular.

Geraldo é o primeiro suplente da coligação Unidade Popular. O professor Geraldo chegou assumir o cargo de vereador por conta de licença do titular Fernando Lima.

Entretanto, durante o referido painel, os dois vereadores que foram eleitos encontravam-se em plenário, logo, conforme Regimento Interno da Câmara e o bom senso, Geraldo retornaria a sua condição de suplente e como tal deveria se comportar.

Não foi bem assim que aconteceu. O professor Geraldo Castro adentrou o plenário e se estarrou numa cadeira de 1 dos 21 parlamentares. Uma pergunta: se todos os 21 parlamentares estivessem em plenário, onde sentaria o professor Geraldo?

Nas fotos temos a Vereadora Rose Sales dicursando e o Vereador Fernando Lima na mesa dos trabalhos. Enquanto isso o professor Geraldo posa de vereador.


quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Oposição contesta decisão que julgou improcedente representação contra Lula e Dilma por propaganda antecipada


Três partidos da Oposição (DEM, PSDB e PPS) entraram no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com recurso solicitando que o plenário da Corte julgue o mérito da representação apresentada pelas legendas contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, por propaganda eleitoral antecipada. Os partidos reafirmam no recurso que o presidente teria feito propaganda eleitoral extemporânea em favor da ministra durante a inauguração da sede do Sindicato dos Trabalhadores e Empregados de Empresas de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Sindpd/SP), em 22 de janeiro deste ano.

No dia 12 de fevereiro, o ministro auxiliar Henrique Neves (foto) julgou, em decisão individual, improcedente a representação por considerar que não houve no discurso proferido pelo presidente Lula, durante a inauguração do sindicato em São Paulo, propaganda eleitoral antecipada em favor de Dilma. Os partidos afirmam que Lula realizou, no discurso, propaganda eleitoral fora de época em favor de uma eventual candidatura de Dilma Rousseff à Presidência da República nas eleições deste ano.

Os partidos sustentam no recurso (agravo regimental) contra a decisão de Henrique Neves que o presidente Lula fez propaganda "com nítido caráter eleitoral em benefício da candidata "de fato" do Partido dos Trabalhadores (PT), a ministra da Casa Civil, Dilma Vana Rousseff".

As legendas se baseiam na necessidade de preservação do princípio da colegialidade para justificar o julgamento do próprio mérito da representação pelo plenário do TSE, por se tratar de assunto "que ostenta uma importância ímpar para o restabelecimento da paridade de armas no pleito presidencial vindouro".

Mérito

Afirmam os partidos que "não é de hoje" que o presidente Lula vem "tentando massificar a ideia de que a agravada [Dilma Rousseff] é o agente público diretamente responsável pelos "feitos" alcançados pelos investimentos supostamente realizados pelo Programa de Aceleração do Crescimento – PAC".

Dessa forma, os autores do recurso destacam que não parece razoável afirmar que, diante das provas nos autos, "não se pode extrair nenhuma manifestação que tenha levado ao conhecimento geral a candidatura, a ação política ou as razões das quais se possa inferir" que Dilma Rousseff seja a mais apta para a função pública.

Argumentam ainda que, em trecho do discurso no evento na sede do sindicato em São Paulo, o presidente Lula fez referência ao futuro lançamento da segunda etapa do PAC (PAC II).

"E o fato é que, ao falar do PAC II e do alegado fôlego orçamentário do Estado, o representado [presidente Lula], de modo sorrateiro, provoca a platéia a adivinhar quem é a candidata preferida a sucedê-lo na Presidência da República", ressaltam os partidos.

Segundo a Oposição, do exame do áudio e do vídeo da solenidade "é fácil perceber que todos os presentes entenderam perfeitamente a mensagem veiculada pelo Presidente da República". Isto porque, de acordo com os autores da representação, a ministra Dilma é tratada pelo presidente Lula "como a grande responsável pelos feitos decorrentes dos investimentos do PAC".

Na representação, os partidos solicitam que o TSE condene o presidente Lula e a ministra Dilma Rousseff ao pagamento de multa no valor máximo (R$ 25 mil) estipulado pela Lei 9.504/97 por propaganda antecipada.

A propaganda eleitoral somente é autorizada pela Lei nº 9.504/97 (Lei das Eleições) após o dia 5 de julho do ano eleitoral.

Vale ressaltar que por muito menos que isso a justiça eleitoral tomou o mandato de Jackson Lago.

CPI da Pedofilia colhe depoimentos de mais três acusados de abuso sexual

A CPI da Pedofilia da Assembleia Legislativa retomou, nesta quinta-feira (25), a sua agenda de trabalho com a realização de uma audiência, na qual foram colhidos depoimentos sobre casos de abuso sexual contra menores ocorridos nos municípios de Tutóia, São José de Ribamar e Matinha.

O primeiro a prestar depoimento foi Elvídio Cabral Barroso, 68, que é acusado de estuprar a filha de criação, de apenas três anos. Barroso, que cumpre prisão preventiva na própria cidade de Tutóia, limitou-se a negar a acusação feita contra ele pelo Conselho Tutelar do município.

De acordo com a denúncia, o acusado abusava da criança, que é filha da sua ex-mulher, identificada pelo nome de Gisele. O acusado, ainda segundo a denúncia, cria a menina desde que a mãe desapareceu. O paradeiro de Gisele ainda permanece desconhecido.

Em seguida, os deputados Penaldon Jorge (PSC – relator da Comissão Parlamentar de Inquérito), Domingos Paz (PSB – vice-presidente) e Eliziane Gama (PPS – presidente) ouviram os depoimentos de Andréa Rosa e Ailton Silva, este último presidente da União Municipal dos Estudantes Secundaristas (UMES) de São José de Ribamar.

Os dois foram convocados para prestar informações sobre o caso envolvendo os líderes estudantis Donizeth Cantanhede Morais e Jámenes do Espírito Santos Correa, que estão presos acusados de crimes de pedofilia praticados na cidade balneária.

No mês passado, a polícia, cumprindo ordem judicial, apreendeu com os acusados farto material – vídeos e fotos – com imagens de crianças e adolescentes, de ambos os sexos, despidas e semi-despidas, acompanhadas de pessoas de ambos os sexos, em efetiva prática sexual (oral, anal e vaginal), inclusive com múltiplos parceiros adultos e com a sugestão de violência real (estupro).

Andréa, que é recepcionista da Casa do Estudante – prédio situado em São José de Ribamar e que abriga diversas entidades estudantis do município – disse nunca ter tomado conhecimento dos atos praticados por Donizeth e Jámenes. Ailton também afirmou desconhecer a situação.

O terceiro caso abordado nesta quinta-feira pela CPI da Pedofilia da Assembleia envolve o presidente da Câmara Municipal de Matinha, vereador José da Conceição Amaral Filho.

Segundo denúncia feita, em 2005, ao Ministério Público e ao Conselho Tutelar do município, José da Conceição mantinha um caso amoroso com uma menina de 12 anos. Hoje, a suposta vítima tem 17 anos. Na época, o caso foi denunciado pela própria mãe da garota que, no ano seguinte, mudou de opinião e negou o caso amoroso entre a filha e o parlamentar.

Dois conselheiros tutelares da cidade da Matinha confirmaram, nos seus depoimentos prestados à Comissão, que a mãe, cujo nome não foi revelado, os procurou para denunciar o suposto crime praticado pelo vereador.

CPI EM RITMO ACELERADO


Eliziane avaliou como positivo o retorno aos trabalhos da CPI e afirmou que a Comissão irá acelerar o ritmo a partir de agora. “Nesta sexta-feira [dia 26], estarei no município de Santa Inês acompanhando o depoimento de uma menor que foi abusada sexualmente. Neste próximo mês, retornaremos à cidade de Açailândia, onde estamos investigando vários casos. A partir de agora, a Comissão está em ritmo acelerado com o objetivo de, até o final.

Zé Reinaldo ganha idenização contra jornal de Ricardo Murad

Nesta quinta-feira, 25, a 1ª Câmara Cível do TJ negou recurso ao Jornal Veja Agora, condenado ao pagamento de R$ 16.800 (dezesseis mil e oitocentos reais) mais correção monetária, a título de indenização ao ex-governador do Estado, José Reinaldo Tavares, por publicação de matéria ofensiva à sua honra e imagem. O julgamento foi relatado pela desembargadora Graças Duarte e se deu por maioria de votos.

No pedido de indenização, José Reinaldo assegurou que sofreu campanha de desmoralização pelo referido periódico, por motivações políticas, o que afetou-lhe a honra e a reputação familiar.

A condenação ao pagamento foi deferida pelo juiz da 3ª Vara Cível da capital, Douglas Airton Amorim, em março de 2008. O Jornal recorreu da sentença, alegando, entre outros pontos, que a publicação conferiu mero “dissabor momentâneo” ao ex-governador.

A relatora do processo considerou que a publicação ocorreu sem a utilização de fonte de veracidade e com uso de termos ofensivos, veiculando assuntos que nada tinham a ver com os atos de governo, mas que diziam respeito à vida privada do ofendido, o que afetava indiretamente os demais membros de sua família.

A decisão entendeu razoável a indenização determinada, destacando que os órgãos de imprensa têm obrigação de publicar matérias com veracidade, possibilitando a defesa e resposta das pessoas envolvidas. Acompanhou a relatora a desembargadora Anildes Bernardes Cruz. Votou contra o desembargador Paulo Velten Pereira, que deu provimento ao recurso. (Da Ascom / TJMA)

Ministério Público requer suspensão de processo seletivo para contratação temporária de professores

O promotor de Justiça Fábio Menezes de Miranda, titular da 2ª Promotoria de Justiça de Chapadinha, ingressou com uma Ação Civil Pública com pedido de Liminar, contra o Estado do Maranhão, buscando garantir a nomeação de professores de ensino fundamental e médio aprovados no concurso público realizado no final de 2009 e a não contratação daqueles que participaram do Processo Seletivo Meritório para vagas temporárias.

De acordo com o promotor de Justiça, em vários casos, as vagas disponíveis para contratação temporária são nas mesmas disciplinas para as quais foi realizado o concurso público e nas quais o número de aprovados no certame seria suficiente para suprir as vagas disponibilizadas no processo seletivo. No entanto, o governo estadual vem priorizando a celebração dos contratos temporários, em detrimento dos aprovados excedentes no concurso público. “A contratação temporária deveria ser feita apenas para complementar o quadro nos casos em que não fossem preenchidas todas as vagas em concurso público”, afirmou, na ação, o promotor Fábio Miranda.



No entendimento do Ministério Público, esse tipo de prática fere os direitos dos candidatos aprovados no concurso e classificados em número excedente ao de vagas, já que eles não estão sendo nomeados porque outras pessoas são contratadas para exercerem as mesmas funções, nos mesmos cargos, para os quais eles foram aprovados.

“Fatos dessa natureza tem se tornado uma constante, já que o Estado do Maranhão não vem cumprindo sua obrigação legal de realizar concursos públicos para o provimento suficiente de vagas no seu quadro efetivo, fazendo a contratação temporária de servidores, que se renova a cada ano, muitas vezes sem critérios objetivos e, quase sempre, com finalidades eleitoreiras, principalmente em ano de realização de eleições estaduais”, explicou Fábio Miranda.

Ainda segundo o promotor, o processo seletivo para contratação temporária de servidores desobedece às normas legais, em especial à Constituição Federal, é ilícito e viola o interesse da coletividade, já que o acesso ao serviço público deve ser garantido a todos aqueles que preencham os requisitos necessários e tenham sua capacidade aferida por concurso público.

No pedido de Liminar, o Ministério Público requer que o Estado do Maranhão seja proibido de realizar contratações temporárias enquanto não forem nomeados todos os aprovados no concurso público até o limite de vagas disponíveis e durante o período de sua validade. A proibição vale, inclusive, para as vagas disponibilizadas no Processo Seletivo Meritório. Em caso de descumprimento da decisão, o Estado estaria sujeito a multas.

Caso o Judiciário entenda não haver cabimento da concessão da Liminar por se referir a todo o Estado, o promotor Fábio Miranda pede que a medida seja aplicada aos municípios de Chapadinha e Mata Roma. (Da Ascom / MP-MA)

JUSTIÇA PEDE PRISÃO PREVENTIVA DE REINALDO CALVET


O Ministério Público do Maranhão pediu nesta quarta-feira (24) a prisão preventiva do deputado estadual Reinaldo Calvet (PSL), que assumiu nesta segunda (22) o mandato na Assembléia Legislativa no lugar do deputado Helio Soares (PP). O parlamentar foi prefeito de Bacabeira por oito anos e teve suas contas rejeitadas pelo TCE e TCU.

Segundo informações, o pedido de prisão foi assinado pela promotora pública de Rosário Elisabeth Albuquerque e enviado a juíza titular da Comarca de Rosário Rosangela Prazeres. Reinaldo Calvet é investigado pela Justiça por Ato de Improbidade Administrativa nos dois mandatos na prefeitura de Bacabeira.

A promotora que requereu a prisão de Calvet a fez pelo fato de o mesmo faltar à audiência pública do processo em que é investigado. De acordo com o Ministério Público, a ausência do deputado coloca em risco a aplicação da lei penal.
O sistema de foro privilegiado, que permite a ocupantes de alguns cargos não serem julgados por instâncias inferiores do Judiciário, impediu de imediato a prisão de Calvet. (Com informações de Isaias Rocha)
FONTE:http://www.jornalpequeno.com.br/Blog/Johncutrim

A Favorita: reveja as cenas da participação da presidente da UMES na pancaria do Sindicato dos Bancários

Essa sarneyzada não tem jeito mesmo! Tentam novamente vender a idéia de que a Presidente da UMES, Islane Vieira, é vítima.

O vídeo acima foi gravado durante tentativa de invasão do livro honoráveis bandidos no Sindicato do Bancários, no ano passado em São uís.

No início do vídeo a jovem "vítima" aparece de blusa verde juntamente com mais meia dúzias de pessoas ligadas ao Secretário de Esporte e Juventude Roberto Costa. Confira no momento que eles entram no evento gritando e jogando vários objetos.

A cena quase se repetiu na Câmra de Vereadores, sorte que o Vereador Isaias Pereirinha conhecendo a peça, mandou os seguranças garantirem a ordem. Resultado: Islane foi expulsa novamente da Câmara. ô mico!

O Vaticano está perdendo uma santa, não? Que papelão!!!!

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Presidente da UMES é expulsa da Câmara de Vereadores


A presidente da União Municipal dos Estudantes Secundaristas (UMES), Islane Vieira, fou expulsa da Câmara de Vereadores. O "barraco" ocorreu porque Islane queria fazer uso da palavra no momento do pronunciamento dos parlamentares.

Por se tratar um painel e não de audiência pública, a palavra só é franqueada aos membros que compoem a mesa e aos parlamentares, segundo determina o Regimento Interno da Câmara.

Após fala dos convidados, no momento em que a Vereadora Rose Sales ia fazer seu pronunciamento, eis que surge Islane gritando querendo usar a tribuna de qualquer jeito. O Presidente da Câmara conhecendo o histório da moça, convocou os seguranças para alcamarem os ânimos da agitadinha.

Diante da gritaria os seguranças colocarm Islane para fora do Plenário da Câmara de Vereadores. No detalhe da foto, os seguranças estão colocando Islane para fora. Enquanto os seguranças a retiravam, para surpresa de todos os presente na galeria começaram a gritar fora!, fora!.

Islane foi colocada para fora na solidão de sua falta de liderança. Não recebeu a solidariedade de ninguém, absolutamente ninguém. Após sua retirada o painel continuou normalmente até ás 14:00h. Detalhe: os que usaram a palavra sequer fizeram referência a presença ou expulsão da jovem líder.

A jovem tem um curriculo recheado de polêmicas, dentre tais participou do tumulto no sindicato dos bancários durante lançamento do livro honoráveis bandidos e na manhã de ontem se envolveu num bate boca com o Vereador Chico Viana.Como diz Samuel Bastos: podia ter ficado sem essa!

Durante debate na Câmara, Secretário de Transporte desmonta palanque da oposição

O Secretário de Trânsito e Transporte de São Luís, Ribamar Oliveira, participou hoje pela manhã de um painel para debater o reajuste da tarifa do transporte coletivo de São Luís. Como já era de se esperar debate foi inflamado.

O painel foi iniciado com as falas dos Vereadores Fernando Lima (PC do B) e José Joaquim (PSDB) que falaram sobre a importância do painel e sobre o histórico da participação da Câmara nesse debate, respectivamente.

O Secretário de Trânsito Ribamar Oliveira fez uma longa explanação, onde expôs e comparou dados desde 1992 e desmontou o discurso da oposição. Ribamar mostrou dados que justificam a necessidade do reajuste e pediu que o tema fosse tratado de forma séria e sob a ótica dos dados, sem deixar se deixar levar por paixões políticas.

AGORA VAI
O Secretário destacou várias medidas que darão uma nova cara para o transporte em São Luís: A domingueira (onde no domingo toda população pagará somente a metada da tarifa. Sendo que estudantes pagarão a metade da metade); a entrada de 300 ônibus novos no sistema, iniciando com 60 no mês de março; a reforma de todos os terminais de integração; a venda de crédito para estudantes pela internet e a crição do manual do estudante para orientar sobre o uso da meia passagem. São Luís agradece!

NA DEFESA
Acostumado a bater forte na administração do Prefeito João Castelo, o vereador Fernando Lima teve de se explicar para os presentes. Lideranças estudantis acusaram o vereador de estar fazendo palanque para o PC do B. Fernando quando propôs o painel tinha apresentado uma mesa composta somente por lideranças estudantis ligadas ao PC do B, seu partido.

Lideranças estudantis da Região Metropolitana questionaram a medida do parlamentar e o acusaram de fazer palanque com uma pauta de interesse da sociedade. Visivelmente constrangido o vereador subiu na tribuna para se justificar. Provou do próprio veneno.

Após protesto das entidades, a composição da mesa foi modificada. Fizeram parteDomingos Costa (AMES/ Metropolitana), Victor Fontenelle (MEI), Henrique Carneiro (UBES) e Gustavo Barbosa (DCE da UFMA). A mudança foi determinada pela mesa diretora após provocação das lidernças estudantis.


A ESQUECIDA
A histórica União Municipal dos Estudantes Secundaristas (UMES) não fez parte da composição da mesa. O fato causou perplexidade aos presentes, uma vez que a UMES até pouco tempo atrás é que liderava o movimento em São Luís.

Se não bastasse ficar de fora da mesa, a presidente da UMES, Islane Vieira, ainda passou por um imenso constrangimento público. Os detalhes contaremos em outra matéria.

BARRADOS NO BAILE
Para participar da audiência era necessário fazer um credenciamento prévio. A medida foi adotada pela direção da Câmara para evitar possiveis tuimultos. A medida pegou várias pessoas de surpresa.

Dentre os que não puderam participar da audiência estavam o Coordenador Municipal de Juventude Zé Linhares e os Conselheiros Municipais Anne Priscila e Luís Cláudio Borges.



BLEFANDO

O Vereador Lourival Mendes protagonizou um dos momentos mais tensos do debate. O Vereador propôs a criação de uma CPI para apurar possiveis irregularidades na SMTT. Lourival afirmou que ja tinha 03 assinaturas. Ao final vários vereadores afirmavam que Lourival estava blefando. Será?

Lourival ainda fez duaras críticas aos Prefeitos que antecederam João Castelo.Só esqueceu de dizer que 02 ex-prefeitos (Tadeu Palácio e Conceição Andrade) atualmente são auxiliares do (des) governo de Roseana Sarney da qual Lourival é fiel escudeiro.

ELE SURGIU
O polêmico vereador Astro de Ogum arrebentou em seu discurso. Com uma pitada de bom humor, Astro passeiou entre todos os presentes. Iniciou sugerindo ao Secreário Ribamar Oliveira que mantivesse maior diálogo com a Câmara, sobretudo com a Comissão de Transporte.

Depois afirmou que se o Prefeito fosse Flávio Dino este também teria de dar o resjuste e que neste caso os Vereadores Rose Sales e Fernando Lima estariam fazendo a defesa do reajuste.

Para finalizar Astro fez questão de frisar nominalmente as lideranças estudantis que ele já tinha ajudado e se disse um dos maiores estimuladores das lidernças estudantis de São Luís. Era tanto nome, que o Vereador passou mais de 10 minutos para ler todos.

BOM SENSO
Ao final do painel até a vereadora Rose Sales (PC do B) se declarou favoravel ao reajuste e admitiu que seria inevitável não ser concedido o reajuste. Rose disse ser contra apenas a forma como o aumento foi dado.

Zé Dirceu é acusado de receber propina pela volta da Telebrás Diminuir corpo de texto

DEM quer CPI sobre caso Telebrás e envolvimento de José Dirceu

O líder do DEM na Câmara, deputado Paulo Bornhausen (SC), vai sugerir a criação de CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar denúncia de que o ex-ministro José Dirceu recebeu pelo menos R$ 620 mil do principal grupo empresarial privado que será beneficiado caso a Telebrás seja reativada, como promete o governo. A denúncia, revelada ontem pela Folha, afirma que o dinheiro foi pago entre 2007 e 2009 por Nelson dos Santos, dono da Star Overseas Ventures - companhia sediada nas Ilhas Virgens Britânicas, paraíso fiscal no Caribe.

“São os interesses do José Dirceu que, desde que foi cassado e denunciado por formação de quadrilha, só faz lobby em negócios escusos”, disse Bornhausen. Na opinião do líder, a Câmara deve investigar a reativação da Telebrás uma vez que a operação pode trazer danos aos contribuintes.

Segundo a reportagem da Folha, tanto a trajetória da Star Overseas quanto a decisão de Santos de contratar Dirceu, deputado cassado e réu no processo que investiga o mensalão, expõem a atuação de uma rede de interesses privados junto ao governo paralelamente ao discurso oficial do fortalecimento estatal do setor. Dirceu não quis comentar, e Santos declarou que o dinheiro pago não foi para ‘lobby’.

A Folha afirma que, em 2005, a ‘offshore’ de Santos comprou, por R$ 1, participação em uma empresa brasileira praticamente falida chamada Eletronet. Com a reativação da Telebrás, Santos poderá sair do negócio com cerca de R$ 200 milhões.

O governo já anunciou que tem intenção de usar a Telebrás para ofertar a rede de fibras ópticas da Eletronet para quem queira prover o serviço de acesso à internet, ou seja, para que outras empresas cheguem aos consumidores. No entanto, não está descartada a possibilidade de o próprio governo entregar o serviço, se a iniciativa privada não o fizer.

Negócios – Constituída como estatal, no início da década de 90, a Eletronet ganhou sócio privado em março de 1999, quando 51% de seu capital passou para a americana AES. Segundo a Folha, os 49% restantes ficaram nas mãos do governo. Em 2003, a Eletronet pediu autofalência porque seu modelo de negócio não resistiu à competição das teles privatizadas.

Diante da falência, a AES vendeu sua participação para uma empresa canadense, a Contem Canada, que, por sua vez, revendeu metade desse ativo para Nelson dos Santos, da Star Overseas, transformando-o em sócio do Estado dentro da empresa falida.

Em novembro de 2007, oito meses depois da contratação de Dirceu por Santos, o governo passou a fazer anúncios e a tomar decisões que transformaram a sucata falimentar da Eletronet em ouro. Isso porque, pelo plano do governo, a reativação da Telebrás deverá ser feita justamente por meio da estrutura de fibras ópticas da Eletronet.
(Gabriela Guerreiro - Folha Online, em Brasília)

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Secretário de Transportes anuncia pacote de benefícios para estudantes

O Secretário Municipal de Transportes Urbanos, Ribamar Oliveira, recebeu hoje a tarde uma comissão de estudantes. Na pauta a polêmica do reajuste da tarifa do transporte coletivo e o sistema de meia passagem da Capital.

Participaram da reunião Lucivaldo Lopes e Clarissa Almeida da Central Estudantil, Victor Fontenelle e Jasson Junior do Movimento Estudantil Independente (MEI), Jorge Michel do Associção Metropolitana de Estudantes e o Conselheiro de Juventude Raimundo Penha.

A audiência foi solicitada pelos representantes estudantis que buscavam entender os motivos que levaram ao reajuste da tarifa. No início da reunião o Secretário expôs a planilha que compõe a tarifa e afirmou que o resjute era necessário para evitar o colapso do sistema. Ribamar lamentou ainda que um debate que era pra ser tratado de forma institucional esteja sendo partidariazado.

A DOMINGUEIRA
Ribamar Oliveira explicou ainda como vai funcionar a tarifa social, batizada de domingueira e afirmou que por determinação do Prefeito João Castelo, as empresas terão de manter a mesma quantidade de ônibus rodando. Oliveira explicou ainda que a cada domingo será analizado a necessidade de ampliação da quantidade de ônibus.

O Presidente da Central Estudantil, Lucivaldo Lopes, de imediato alertou o secretário que as linhas que servem as praias deverão ser de logo ampliada, pois, naturalmente serão as mais procuradas. A domingueira começará a funcionar neste domingo, dia 28, segundo decreto baixado pelo Prefeito João Castelo.

A MEIA DA MEIA
A Comissão de estudantes recebeu uma boa notícia que traduziu a conquista de uma reivindicação: os estudantes só pagarão a metade da metade do valor cobrado na domingueira.

Entenda mais: nos domingos os ônibus cobrarão a metade da tarifa. Assim um ônibus que cobra R$ 2,10 vai cobrar nos domingos somente R$ 1,05 (um real e cinco centavos). Havia uma dicussão, pois os etudantes tem direito a meia passagem. Na sexta-feira o MEI,a CES e AESMU levaram a reivindicação ao Prefeito João Castelo para que os estudantes pagassem a metade do valor efetivamente cobrado.

Hoje, durante a reunião o Secretário de Transportes anunciou que o Prefeito determinou que o pleito dos estudantes fosse atendido. Assim, nos domingos, os estudantes só pagarão R$0,52 (cinquenta e dois centavos). Uma conquista merecida!

MAIS CONQUISTAS
Durante a reunião o Presidente do MEI, Victor Fontenelle, pediu ao Secretário a implantação da venda de créditos pela internet para estudantes. De imediato Ribamar Oliveira determinou a criação de uma Comissão Especial composta por representantes de todas as entidades estudantis e por membros da Prefeitura para num prazo de 60 dias estudar a proposta de venda a ser implantada pela Prefeitura.

O Secretário anunciou ainda a criação do Manual do Estudante que será um guia a ser distribuido gratuitamente aos estudantes de São Luís. O manual conterá todas as informções relativas a meia passagem, como por exemplo, como e onde tirar o cartão estudantil, como utilizar o cartão, como consultar saldos, dentre outras. O manual será entregue durante recadastramento a ser iniciado no mês de março.

E ainda tem gente dizendo que o Secretário não dialoga com a sociedade! Esse gente quer um motivo para achicalhar a administração de João Castelo. Será a serviço de quem estão? Ganha um doce quem advinhar!

deu no Jhon Cutrim: RICARDO MURAD TRAMA PRISÃO DE ADERSON E WEVERTON


Informações que chegam agora ao blog dão conta de que o Secretário de Saúde do Estado Ricardo Murad e membros do governo Roseana Sarney estariam neste momento em um andar do hotel Luzeiros reunidos com alguns membros da cúpula judiciária maranhense no sentido de tramar e ao mesmo tempo pressionar os magistrados para dentro das próximas horas decretar a prisão dos ex-secretários do governo Jackson Lago Weverton Rocha e Aderson Lago.
FONTE: http://www.jornalpequeno.com.br/Blog/JohnCutrim

domingo, 21 de fevereiro de 2010

RAPIDINHAS DA POLÍTICA

A VIDA É UMA FESTA
Por essa a turma de Sinhá Rose não esperava, achavam que iam torram R$ 47 milhões e ia ficar por isso mesmo, que ninguém ia dar conta da bagatela.

Quebraram a cara! O líder da Oposição Deputado Edvaldo Holando botou a boca no trombone e promete chumbo grosso pra cima da sarneyzada. Para começar, Holanda já protocou requerimento convocando o Secretário de Cultura Luiz Bulcão para explicar detalhes da gastança.

EX-SUPER?

O secretário Ricardo Murad que é mais conhecido como trator, por seu estilo nada conciliador, parece que perdeu o ritmo. Ricardo que assumiu a Secretaria de Saúde promentendo mais de 60 hospitais, até agora não entregou nenhum.

Na cidade de Matinha onde era pra ser um dos badalados hospitais, só conseguir ver um solitário tratozinho fazendo a terraplanagem. Pelo visto, ainda vai rolar muita água para hospital ficar pronto.

GOLPE NA ESTUDANTADA
Cada dia tenho mais convicção que Sinhá Rose não gosta da juventude, em especial da classe estudantil, prova disso foi o golpe dado nos formandos da Escola Modelo.

Ontem foi a formatura de cerca de 60 estudantes que concluiram o Ensino Médio, a formatura estava marcada para acontecer no multicenter sebrae, que seria pago pelo governo do estado. De última hora os formandos e seus pais foram informados que a formatura teria de mudar de lugar, haja vista, que o governo iria utilizar o sebrae para "outras finalidades".

A formatura acabou acontecendo na sede da Associação dos Funcionários do extinto Banco do Estado, localizada na forquilha.

Os estudantes e pais estavam pasmos e inconsolaveis. Esperar o que de quem durante 40 anos fez de tudo para o povo continuar no analfabetismo? Imaginem se iam prestigiar formatura. Imaginem se vão estimular o povo a ficar inteligente. Questão de lógica!

ELES COM LULA
Pelo menos quatro auxiliares do Governo Jackson Lago foram compor as esquipes de Ministérios em Brasília. Weverton Rocha que foi Secretário de Esporte e Juventude virou Assessor Especial do Ministério do Trabalho e Emprego.

Joazinho Ribeiro que foi titular da Secretaria de Cultura está atulamente no Ministério da Cultura. Já a renomada médica Silvia Viana que chefiou o programa DST/AIDS foi convidada para compor a equipe do Minisério da Saúde, enquanto Margareth Cutrim ex-Seretária de Desenvolvimento Social está no Ministério do Desenvolvimento Social.

CADÊ O RESULTADO?
Enquanto o Deputado Estadual Alberto Franco anda questionando o Prefeito João Castelo acerca dos recursos do convêno firmado no Governo Jackson Lago, a sociedade quer saber do nobre Deputado onde foi papar o relatório da CPI da Euromar? Quais foram as conclusões? Além de muita mídia, o que a CPI ajudou a resolver?

DOIS PESOS
Os recursos que Alberto Franco somente agora se interessou para questionar são para a construção de 02 viadutos, 01 na Forquilha e 01 no Calhau e para ampliação da Avenida Litorânea até o bairro do Olho Dágua. Engraçado que o deputado pede explicações do dinheiro para fazer importante obras, mais sobe na tribuna para defender o gasto exorbitante de 47 milhões durante 04 dias de carnaval.

O convênio estimado em 150 milhões foi firmado pelo Prefeito João Castelo e pelo Governador Jackson Lago. 77 milhões foram depositados na conta da Prefeitura de Sâo Luís. Ao assumir o governo por decisão judicial, a primeira medida de Roseana Sarney foi de tomar das contas das Prefeituras os recursos que estavam depositados.

O Prefeito de São Luís para evitar o sequestro dos recursos tranferiu o dinheiro para outra conta, até que a justiça desse a palavra final sobre o destino da verba.

Alberto que ultimamente não anda muito franco resolveu bater forte em João Castelo que até pouco tempo era seu companheiro de partido. Alberto sabe a importância dessas obras para a Cidade de São Luís, portanto, deveria se juntar ao Prefeito para defender a manutenção dos recursos para Cidade de São Luís. Afinal de contas o dinheiro não é de Castelo, de Jackson e muito menos de Rosena, são recursos do povo e nada mais justo que servirem para fazer obras que vão beneficiar a população de São Luís.

Maranhão cover: MP ajuíza ação por suposto desvio de R$ 200 milhões no Amapá

O Ministério Público do Amapá protocolou, na sexta-feira, ação de improbidade administrativa contra o secretário da Educação do Estado, José Adauto Bitencourt, e outras 12 pessoas - entre elas servidores públicos e empresários - por supostos desvios de mais de R$ 200 milhões na contratação de segurança privada para escolas.

De acordo com a Promotoria, desde 2003 o serviço é prestado não por meio de concorrências públicas, como manda a lei, e sim por meio de contratos emergenciais no valor de R$ 2,6 milhão mensais - preço acima dos de mercado, segundo a acusação. Isso, afirma a Promotoria, beneficiou duas empresas do setor. O caso foi revelado pela Folha de S. Paulo em junho de 2009.

Um dos momentos mais graves da suposta fraude ocorreu em 2007, quando a secretaria finalmente realizou um pregão presencial para escolher da forma correta um prestador do serviço, diz a ação.

Bitencourt, em conluio com uma pregoeira e o presidente da Comissão Permanente de Licitação da secretaria, afirmam os promotores, agiram para ajudar a empresa que já vinha sendo contratada irregularmente, a Serpol, a ganhar.

Mas uma outra empresa, que havia apresentado o menor preço, conseguiu contestar judicialmente a licitação.

Diante disso, diz a Promotoria, o secretário resolveu anular o resultado do pregão. Depois, como a Justiça também negou essa possibilidade, ele resolveu revogar o próprio processo licitatório, sob o argumento de que os valores pedidos estavam defasados, e voltou a contratar a Serpol.

Como a Polícia Federal havia cassado a licença da empresa, Bitencourt contratou emergencialmente a Amapá VIP, que até hoje presta o serviço. Ela é ligada ao mesmo grupo da Serpol, diz a Promotoria.

Um funcionário que trabalhava como advogado da secretaria afirmou em depoimento que esses contratos possibilitavam uma propina mensal de R$ 100 mil a Bitencourt.

Em 2006, Bitencourt ele foi o coordenador da campanha de reeleição do governador Waldez Góes (PDT). Góes é aliado do senador José Sarney (PMDB), eleito pelo Amapá. As investigações continuarão, para saber se há envolvimento de outras esferas do governo estadual.

A reportagem ligou para três números da secretaria e para a casa de Bitencourt, mas ninguém atendeu em nenhum deles. Nenhum representante da Serpol e da Amapá VIP foi encontrado para comentar a ação.

PAPO CABEÇA:Só para lembrar que José Sarney (PMBD) atualmente exerce o mandato de Senador pelo Estado do Amapá e que o Governador do Estado é aliado fiel de Sarney. Meras conhecidências...

Jackson Lago reafirma candidatura e prega união das oposições


Em seu artigo semanal no Jornal Pequeno, o ex-Governador Jackson Lago reafirmou sua candidatura ao Governo do Estado e voltou a pregar a união das oposições para derrotar a família sarney.

No artigo Jackson chama Roseana de medrosa, e afirma que a única forma dela se reeleger é sendo a única candidada, ou seja, ganhando por WxO. Confira o teor do artigo.

POR JACKSON LAGO.

Encontro-me em São Paulo aonde vim mais uma vez para consultas e exames laboratoriais. Estabeleci essa rotina desde que fui afastado do governo, no ano passado, uma vez que durante o período da campanha de 2006 e por todos os dois anos e três meses que permaneci como governador do Estado foram raras as oportunidades que tive de fazer um acompanhamento regular de meus problemas de saúde.

Militante social desde minha juventude, juntei a esta as condições de médico e de professor da Universidade Federal do Maranhão. Mais adiante e com o abandono da prática da Medicina, ingressei na política, organizando meu partido, o PDT, desde sua fundação, dirigindo-o no Maranhão e levando-o a conquistar vitórias que me fizeram por três vezes prefeito de São Luís.

Nem sempre as atribulações decorrentes dessas atividades permitiram-me fazer revisões anuais de saúde, conforme determinações médicas. Os mais de três anos entre a campanha de 2006 e minha deposição pelas forças dominantes da política do Maranhão prejudicaram ainda mais esse quadro, pois quis me voltar com afinco à solução dos graves problemas que se acumularam nos 40 anos de práticas oligárquicas no Estado.

Considero que posso, ainda, contribuir uma vez mais para completar o processo de libertação do Maranhão das forças do atraso, razão pela qual estou tomando todas as providências possíveis para enfrentar a campanha de 2010 com saúde e disposição.

Meus adversários de sempre da política do Maranhão têm aproveitado minhas ausências do Estado para produzir factoides, lançando aos quatro ventos rumores de que eu não terei condições de enfrentar os rigores da campanha que se avizinha. Minha ilegítima sucessora sonha com a condição de candidata única, sem adversários a enfrentar, porque enxerga nessa condição o único caminho seguro de voltar ao governo legitimada pelas urnas.

Tenho insistido na tese de que as oposições devem se apresentar unidas no enfrentamento à oligarquia nas eleições deste ano. Defendo que aquele que estiver em melhores condições para derrotar a candidatura do atraso deve contar com o apoio dos demais postulantes.

Ainda faltam quatro meses para o período de escolha de candidatos, o que deve acontecer até final de junho, nas convenções partidárias, que definirão, também, as coligações partidárias que se realizarão.

Acredito ter uma missão a concluir. O programa de governo que estávamos levando a efeito tinha sido pensado para quatro anos, não para dois anos e três meses. É para estar em condições de concluir essa missão que estou me preparando e todos os que me conhecem e sabem de meu senso de dever não pensam jamais que fugirei às minhas responsabilidades.

Os companheiros de meu partido e dos demais partidos irmãos é que, em última instância, definirão os destinos da luta oposicionista em nosso Estado e se teremos ou não uma candidatura única para o embate de outubro. Qualquer que seja a definição, estarei na linha de frente com todo o entusiasmo e garra, contribuindo para que o processo de libertação do Maranhão se complete e nosso povo volte a ter esperanças.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

NOTINHAS

CARNAVAL BOM
O Carnaval na baixada maranhense foi simplesmente maravilhoso. Com um povo acolhedor, os Municípios recebiam os foliões com muita diversão e tranquilidade. Visitei as cidades de Matinha, Pinheiro, Mirinzal e Cururupu, em todas fui contagiado pela alegria.

Diferentemente da Capital, não presenciei nenhum ato de violência, nem sequer uma briga de vizinhos. Um sucesso de público e organização.

CARNAVAL E ELEIÇÕES
Em Pinheiro, além da multidão que tomou conta da cidade, o que também chamou atenção foi a antecipação da briga eleitoral travada pelos Deputados Estaduais Victor Mendes e Penaldon Jorge.

Penaldon tem o apoio do Prefeito Zé Arlindo que outrora já foi aliado de Victor Mendes.

DUELO DE TITÃNS

Na terça de carnaval, Victor Mendes cumpriu a tradição, se vistiu de patifa e caiu no meio da galera. Victor arranjou um minitrio e uma banda, que claro, a cada música mandava um alô para o deputado.

Já Penaldon não deixou barato. Colocou 02 trios para agitar a multidão nas patifas. Para fechar com chave de ouro e matar vitinho de raiva, Penaldon grudou no Prefeito Zé Arlindo que mandava divulgar seu nome num gigante telão montado na Praça da Cidade.

E para não deixar dúvidas, Penaldon ainda subiu no palco e deu uma "palhinha" com a NANA BANDA. Nessa hora Filuca Mendes deve ter ido para água de açúcar!

MENOS UM

O Maranhão perderá 01 Deputado Federal e 01 Estadual, pelo menos esta é a previsão da nova resolução do Tribunal Superior Eleitoral- TSE. A notícia deve tá levando os suplentes ao delírio. Se com 18 vagas já tem gente tentanto 03 eleições, imaginem só com 17.

sábado, 13 de fevereiro de 2010

FEJMA realiza blocão da juventude


jsdjfjha
O Fórum Estadual de Juventude do Maranhão- FEJMA iniciou nesta manhã as atividades do blocão da juventude. Em São Luís a blitz educativa foi realizada em parceria com a Polícia Rodoviária Federal, Central Estudantil, BEMFAM dentre outras organizações sociais.A blits é realizada na saída de São Luís, no km zero. Lá a PRF aborda motoristas enquanto os jovens fazem a entrega de preservativos e folders educativos.

A primeira versão do blocão da juventude foi realizado em 2008 pelo Conselho Estadual de Juventude em parceria com a Secretaria de Estado de Esporte e Juventude. Em 2009 a atividade se repetiu e chegou a ser realizada em mais de 50 municipios. Em 2010 várias organizações manifestaram interesse de dar continuidade na atividade, tendo o FEJMA se disposto a articular a parceria das diversar entidades. Enquanto isso o já quase-ex-secretário, Roberto Costa, dorme em berço explêndido.

Em anos anteriores o governo fornecia os folders, as camisetas e os preservativos, cabendo as organizações juvenis mobilizarem a juventude para realizarem a entrega do material. Neste ano, as próprias organizações juvenis custeram a confecção das camisetas. Os panfletos foram doados pela ong BEMFAM e os preservativos foram cedidos pela Prefeitura de São Luís, através da Coordenação Municipal DST/AIDS.

O Secretário Geral do FEJMA, Rafael Oliveira, se declarou satisfeito por mesmo diante das dificuldades o Fórum de Juventude conseguiu realizar mais uma atividade e finalizou parabenizando as entidades parceiras pela iniciativa de dar continuidade a uma importante atividade como esta.

A atividade será realizada simultaneamente nos municípios de Cururupu, Matinha, Pinheiro, Açailândia, Coroatá, Bacuri, Imperatriz, Miranda, Pio XII e Morros.

OFF
Este blog só retornará na quarta de cinzas, afinal de contas não somos de ferro. Cairemos na balada e curtiremos o carnval na baixada maranhense.

Aproveitamos para deixar uma enquente, queremos que você diga qual foi o melhor carnaval do Maranhão. Apartir de amanhã já podem votar. O resultado será divulgado no dia 22 de Fevereiro.

Bom carnaval para todos, lembrando que bebida e direção é uma perigosa combinação.

Oligarquia Sarney trama manifesto contra Castelo

Bastou ser anunciado o aumento de passagem no transporte coletivo de São Luís que uma centena de "zumbis" travestidos de lideranças estudantis reapareceram para ocuparem o sistema de comunicação da família sarney. Todo aumento de tarifa incomoda a população, é assim com a conta de água, de telefone, das passagens intermunicipais e do ferry-boat, mais as "lideranças estudantis" só enxergam o transporte coletivo de São Luís, porque será? Teria algum motivo oculto que os estudantes de São Luís desconhecem? Teria alguma coisa a ver com a folha de pagamento da SMTT? Seria vingança? Façam suas apostas...

A desconhecida Islane, intitulada presidente da UMES anunciou no sistema mirante que recorrerá ao Ministério Público contra o aumento da tarifa. A primeira vista parece uma justa reivindicação da classe estudantil, se não fosse pelos detalhes um tanto quanto cômicos.

Islane preside uma entidade que só ela no seu profundo imaginário sabe de sua existência. Ninguém, extamente ninguém, conhece outra ação da UMES a não ser "protestar" contra o governo do Prefeito João Castelo. Para quem não lembra, Islane foi uma das autoras do fracassado acampamento pelo passe livre, movimento que não reuniu mais que 05 pessoas e que nutria a suspeita de ser financiando por membros do governo de Roseana Sarney.

Curioso que a jovem revolucionária não dá uma palavra acerca do viva grêmio, idelaizado pelo dublê de secretário Roberto Costa, de quem Islane cultiva uma boa amizade. O que falar então da precária condições das escolas públicas estaduais? Bom, esse assunto deve ser tabu para essa gente.

Vale lembrar que a revolucionária da mirante participou também da tentativa frustada de invasão do lançamento do livro honoráveis bandidos. Ainda precisa dizer a serviço de quem essa gente tá? Mera conhecidência do destino...

Enquanto isso a UMES segue com sua sede fechada, sem nenhuma ação concreta, o governo de Sinhá Rose paga com dinheiro público funcionários para fundarem grêmios e seguirem as ordens patronais, e ela? não diz nenhum pio.

Estamos preparando um artigo especial para contar a história dos bastidores do Mivimento Estudantil de São Luís. O trabalho certamente fará defuntos levantarem dsa covas.

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

MARANHENSES PARTICIPAM DE FORMAÇÃO DO PROJOVEM TRABALHADOR EM BRASÍLIA


Representantes dos Municipios de Cururupu, Bequimão, Pinheiro, Bacabal, Icatú, Santa Rita, Santa Luzia e São Luís participaram do Encontro Técnico do projovem trabalhador. O encontro realizado em Brasília reuniu representates de municipios de todo Brasil e foi realizado pelo Ministério do Trabalho em Emprego (MTE)por intermédio da Secretaria de Políticas Públics de Emprego (SPPE).

Durantes os 03 dias técnicos do MTE fizeram exposição acerca de temas como execução orçamentária, capacitação dos profissionais e alimentação do sistema do projovem. Foi fornecido um kit de orientação para que os municipios conveniados possam tirar as dúvidas mais comuns.

O Secretário de Políticas Públicas de Emprego do MTE, Ezequiel Nascimento encerrou o encontro ao lado do Assessor Especial do MTE, o maranhense Weverton Rocha. Na sua fala Ezequiel destacou a importância desta oportunidade para os jovens e pediu empenho na execução.

Ao final do encontro a delegação maranhense fez uma apelo ao também maranhense Ezequiel Nascimento para participasse das aulas inaugurais. O Secretário se declarou honrado com o convite e confirmou presença novamente na sua terra natal. Ezequiel Nascimento esteve recentemente na Cidade de Pinheiro debatendo as políticas de emprego para juventude,atendendo a convite do Fórum Estadual de Juventude do Maranhão- FEJMA.

Os maranhenses articulam também um novo encontro para detalharem sobre o sistema de dados do projovem trabalhador. O Encontro deverá acontecer no mês de março em São Luís e deverá contar com a presença de representantes dos 20 municipios que executarão o projovem trabalhador.

NOTINHAS

MAIS UM DIA...
O Governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, passará pelo menos mais um dia na cadeia. O relator do Habeas Corpus impetrado no STF, Ministro Marco Aurélio Mello, solicitou ao STJ a juntada de vários documentos acerca da decretação da prisão de Arruda, adiando com isso sua decisão para esta sexta-feira.

Se manter a tradição, o STF deverá soltar Arruda. É esperar para ver!

FORAGIDOS?
A Justiça Elitoral do Maranhão está na batida dos Deputados Estaduais José Lima, Paulo Neto e Antônio Bacelar. Os juizes relatores publicaram Edital de Citação em jornais de circulação local. No edital os deputados-réus são dados como estando em "local incerto e não sabido". Pode?

Os deputados tem fugido da citação do Tribunal Regional Eleitoral para ganharem tempo na ação que pede a cassação dos seus mandatos por infidelidade partidária.

O Blog dá uma dica aos oficiais de justiça: Os deputados possuem gabinetes na Assembléia Legislativa, localizada no sítio do Rangedor.

Mais se quizerem notificar durante o carnval podem ir em Mata Roma para encontrar Paulo Neto, em Rosário para se deparar com José Lima e em coelho Neto para notificar Antônio Bacelar. Eles estarão livres, leves e soltos curtindo o carnaval e claro,já trabalhando pela reeleição.

PIMENTA NO DOS OUTROS
O Depuatado roseanista Joaquim Hackel tem usado a tribuna da Assembléia Legislativa para criticar os secretários-depuatados do governo de Sinhá. Acusa os aliados de estarem assediando suas bases eleitorais e de estarem usando a caneta para cooptar lideranças.

Joaquim provou do próprio veneno, vez que como roseanista deveria saber que essa prática é usada por esse grupo a mais ou menos uns 50 anos e ele mesmo já deve ter usado esse remédio por várias vezes. Como diria Ciro Rodrigues: o bezerro só berra quando tá com fome.

ESQUECIDINHO
Quanto sinhá Roseana voltou para o Palácio dos Leões, o Deputado afoito Victor Mendes deu várias declarações informando que se retiraria da base sarneyzista caso o Deputado Penaldon Jorge retornasse para os braços da sarneyzada. Meses passaram e Penaldon desfila pra lá e pra cá com sinhá Rose e Vitinho continua calado na moita.

De quebra, Penaldon ainda trabalha para ter o apoio do Prefeito de Pinheiro, Zé Arlindo, ex-aliado de Victor e de seu pai, o secretário Filuca Mendes.

Perguntar não ofende: Teria Victor Mendes esquecido o caminho da porta de saída?

CONTRA JUVENTUDE

O (des)governo de sinhá Roseana dá sinais mesmos que pouco se importa com a juventude. Mais uma prova foi dada durante a comercialização dos ingressos do baile de gala. Os ingressos com descontos para estudantes, que é direito amparado em Lei Municipal e até Medida Provisória Federal, foi desreipeitado pela "organização" do evento, que vinha se recusando a colocar a meia-entrada a disposição da galera.

Os ingressos só foram vendidos nesta quinta, após representantes da Central Estudantil acionarem a Secretaria Municipal da Fazenda e o Ministério Público Estadual. Os membros da CES ameçaram pedir o recolhimento de todos os ingressos até que a meia-aentrada fosse disponibilizada. Só na pressão!

OUTRO NÍVEL
O Fórum Estadual de Juventude do Maranhão- FEJMA respira os ares de uma nova forma de trabalho. A mudança de nível foi percebida na reunião de Morros e de lá para cá não caiu um milésimo. A nova secretaria executiva e novo colegiado trabalharam duro e deram um show de organização nas reuniões de Imperatriz e Pinheiro.

Em Pinheiro além da organização impecável, o FEJMA articulou a vinda de nada mais que o Secretário de Políticas Públicas de Emprego do Ministério do Trablho, Ezequiel Nascimento. Ezequiel é o homem forte do Ministro Carlos Lupi. Um salto de qualidade para juventude nenhuma botar defeito!

Partidos recorrem de decisão que arquivou processo contra o presidente Lula e a ministra Dilma


O Democratas (DEM), o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) e o Partido Popular Socialista (PPS) recorreram ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de decisão do ministro substituto desta Corte, Joelson Dias, que julgou improcedente a representação proposta por eles contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, por propaganda eleitoral antecipada.

Os três partidos de oposição alegam que a propaganda ficou clara nos discursos do presidente Lula durante a inauguração da barragem Setúbal, em Jenipapo (MG), e do campus de Araçuaí (MG), no dia 19 de janeiro deste ano.

Relator do processo, o ministro entendeu que não há, nos trechos dos discursos proferidos pelo presidente Lula nos dois eventos, nenhuma manifestação que tenha levado ao conhecimento geral a candidatura, à ação política ou às razões pelas quais se possa presumir que a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, "seja a mais apta para a função pública".

Joelson Dias descartou também o argumento dos partidos de que as inaugurações teriam o objetivo de mostrar os responsáveis pela sua execução. O ministro afirmou que em nenhum momento do discurso do presidente Lula em Jenipapo a ministra Dilma Rousseff foi apresentada como a responsável pela realização da obra. Além disso, não observou, em trecho do discurso de Lula na inauguração do campus de Araçuaí, nenhuma propaganda eleitoral em favor de Dilma.

Para os partidos de oposição, entretanto, é evidente que a verdadeira intenção do presidente Lula era explicitar que os eleitores brasileiros deveriam eleger a ministra Dilma Roussef para a Presidência da República, garantindo a continuidade dos avanços obtidos pela atual gestão.

No recurso, a oposição pede que o ministro reconsidere a decisão e destaca novamente alguns trechos dos discursos de Lula nas duas solenidades, afirmando que “a pretexto de fiscalizar as obras do chamado Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), o presidente Lula terminou realizando propaganda com nítido caráter eleitoral em benefício da sua "candidata de fato", a ministra Dilma.

O partido pede que se o ministro não reconsiderar a decisão, submeta a questão ao Plenário da Corte para eventual apreciação.

STF recebe pedido de intervenção federal no Distrito Federal e presidente pede informações sobre o caso


O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, apresentou ao Supremo Tribunal Federal pedido de Intervenção Federal (IF 5179) no Distrito Federal. De acordo com ele, a medida busca resgatar a normalidade institucional, a própria credibilidade das instituições e dos administradores públicos, bem como resgatar a observância necessária do princípio constitucional republicano, da soberania popular – atendida mediante a apuração da responsabilidade dos eleitos – e da democracia. O presidente do STF, ministro Gilmar Mendes, solicitou informações ao Governo do Distrito Federal, que deverão ser prestadas no prazo de cinco dias.

No pedido, Roberto Gurgel faz um histórico do escândalo de corrupção no Distrito Federal desde o ano de 2009, com investigações relativas a crimes como fraude a procedimentos licitatórios, formação de quadrilha e desvio de verbas públicas. Ele aponta episódios como a deflagração da operação Caixa de Pandora no dia 27 de novembro do ano passado e o pedido de impeachment do governador e de afastamento dos deputados distritais envolvidos pela Ordem dos Advogados do Brasil.

Conforme explica, passados meses desde que deflagrada a operação da Polícia Federal, em conjunto com o Superior Tribunal de Justiça, nenhuma medida concreta foi adotada pela Câmara Legislativa para promover a apuração das responsabilidades. “Em vez disso, prodigalizam-se as discussões, tumultos, divergências e ações judiciais – diversas ações já foram ajuizadas, tendo poucas surtido algum efeito -, sem que sequer tenha-se posto um fim na questão relativa à própria formação das comissões que analisarão a possibilidade de recebimento da petição da ação de responsabilidade formulada contra o Governador e o Vice-Governador do Distrito Federal”, afirmou.

Segundo Roberto Gurgel, a intervenção é necessária já que foram esgotadas as inúmeras medidas tendentes a recompor a ordem e a conferir legitimidade às decisões da Câmara Legislativa do Distrito Federal no curso da apuração das responsabilidades e a restaurar um mínimo de compostura numa administração distrital em que Governador, Vice-Governador e Secretários de Estado aparecem envolvidos nos crimes.

Conforme explica, não é suficiente que o Distrito Federal adote, nos moldes da Constituição Federal, um procedimento legislativo para a apuração da responsabilidade do Governador bem como dos integrantes da Câmara Legislativa. “É necessário, sobretudo, que se consiga entrever no caso a efetiva aplicação de tais normas e a devida apuração das responsabilidades, sob pena de afronta ao princípio republicano”, disse.

Ao final, o PGR pede ao presidente do Supremo Tribunal Federal que requisite ao presidente da República a decretação da intervenção federal necessária ao restabelecimento dos princípios constitucionais afrontados.

Despacho

O presidente do STF, ministro Gilmar Mendes, solicitou informações ao Governo do Distrito Federal, que deverão ser prestadas no prazo de cinco dias.

Arruda preso

O Ministério Público Federal pediu, mas o Relator do caso no STJ, Ministro Fernando Gonçalves, preferiu consultar os colegas e o resultado foi que a Corte Especial decretou, agora a pouco, a prisão preventiva de Jose Roberto Arruda, Governador do Distrito Federal.

É a primeira vez, desde a volta da democracia, há 25 anos, que um Governador eleito, sem ter sido cassado do cargo, é mandado diretamente para a cadeia. E neste caso, sob acusação de formação de quadrilha, falsidade ideológica e corrupção.

O entendimento para a prisão preventiva foi o de que Arruda em liberdade estaria influindo de modo a prejudicar as investigações, inclusive ameaçando testemunhas.

A posse do Vice Governador Paulo Octavio no lugar de Arruda está cercada de controvérsias.

A principal controvérsia é que não tendo sido afastado por decisão legislativa, nem perdido os direitos políticos por decisão judicial, ele ainda é o titular, podendo assim, mesmo que tenha a prisão preventiva mantida pelo Supremo Tribunal Federal, continuar no exercício das funções de Governador.
Fonte: www.edsonvidigal.com

ROSEANA SARNEY DÁ UM BAILE EM ESTUDANTES E NÃO CUMPRE LEI DE MEIA-ENTRADA


Membros da Central Estudantil-CES, estiveram na manhã desta quinta-feira (11), na sede da TV Mirante, no bairro do São Francisco, e constataram que a governadora Roseana Sarney, promotora do Baile de Gala do governo do estado do Maranhão, não cumpriu a lei da meia-entrada, destinada aos estudantes secundaristas e universitários da capital, durante as vendas dos ingressos do evento.

Ao sair da TV de Fernando Sarney, os membros da CES, seguiram imediatamente para o Ministério Público e para SEMFAZ.

Segundo a representante legal da entidade, Clarissa Almeida, esse procedimento é aplicado normalmente aos promotores e organizadores de eventos da capital, quando não cumprem a lei da Meia-entrada vigente no municipio. “Este procedimento é aplicado sempre que necessário aos produtores culturais de São Luis e considero uma tremenda falta de respeito da chefe do executivo estadual com a classe estudantil. Levaremos o caso ao MP e a Secretaria Municipal de Fazenda para que se faça cumprir a Lei, os grandes prejudicados são os estudantes”.enfatizou.

Acorda Alice: Para Roseana Sarney, PH e família, danem-se os estudantes pobres que não integram a gorda lista dos astros. Onde vc já viu, baile da Branca ou da PH ter meia para estudante....PHresquíssima como elas são, as produtoras gostam mesmo é de barqueiros, bofes acima dos trintas e primitivos!! Que possuam de quebra um carrão do ano ou mesmo um cartão de transporte. Estudantes pobres e sem nível jamais! Xô! Pra lá

FONTE: www.marcioacordaalice.blogspot.com

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

RAPIDINHAS DA JUVENTUDE

QUASE-EX
O eterno suplente e dublê de secretário, Roberto Costa, já é um quase ex-secretário. Atrapalhado e sem expressão, Roberto Costa terá de deixar a Secretaria de Esporte e Juventue até o dia 03 de Abril, isso se realmente desejar concorrer a uma vaga de Deputado Estadual ou a uma suplência.

Roberto tem trabalhado nos bastidores para indicar o seu sucessor. O nome preferido por Costa é o do presidente do CEJOVEM Ruy Pires. Ruy tem jurado de pé junto que não está no páreo e assim evitar o mesmo desgate que sofreu quando lançou precocimente sua candidatura a presidência do Conselho.

O já "quase-ex" pretende jogar todas as fichas no mês de Março, vai iniciar lançando um tal de "viva grêmio", pretende com isso dar visibilidade ao seu pretenso sucessor. Roberto deve ter saudades dos velhos tempos de secundaristas. Para quem não lembra o dublê de secretário foi Diretor da UMES na gestão presidida por Ruy Pires. Será que vai dar certo?

Quando dia 03 de Abril chegar, Roberto voltará a boa condição de 5º suplente.

DE VÉSPERA
O tradicional carnaval de PIO XII será iniciado no dia 12 com o badalado baile vermeho e preto. A estança promete sacudir a região do Médio Mearim. Dia 11 ainda tem a prévia na praça.

A festa é comandada pelo jovem Pedro Lopes Filho, que detre outras coisas é membro do Fórum Estadual de Juventude do Maranhão -FEJMA. A galera tá convidada...

AGORA VAI
O tradicional blocão da juventude será reeditado em 2010, a afirmação foi feita pelo Secretário Geral do FEJMA, Rafael Oliveira, que desde a reunião de Pinheiro não tem descansado na busca de apoio para literalmente botar o bloco na rua.

O blocão foi idealizado em 2008 pelo Conselho Estadual de Juventude, chegando ao ápice em 2009 quando foi realizado em mais de 50 municipios.

Sem apoio da Secretaria de Esporte e Juventude (como já era de se esperar) várias entidades da sociedade civil tem se juntado para bancar os custos com confecção dos abadás e dos panfletos. A Central Estudantil (CES) e o Movimento Estudantil Independente (MEI) largaram na frente e já mandaram confeccionar 300 abadás.

As adesões não param de chegar. Municípios como Matinha, Coroatá, Pinheiro, Açailândia, Imperatriz, Bacuri, Morros, Viana e Miranda, por exemplo, já manifestaram interesse de realizarem o blocão.

Quem não deve gostar da notícia são as aves de mau agouro, que torcem noite e dia pelo fracasso da nova gestão do FEJMA. Tá amarrado!

SOB NOVA DIREÇÃO
A juventude está cada vez mais presente nos espaços políticos, um exemplo disso, é a participação de jovens nas coordenações do programa projovem trabalhador. O programa será executado em mais de 15 municipios maranhenses e é fruto de convênio do Ministério do Trabalho e Emprego.

Vários desse jovens estão em Brasília particiando do ENCONRO TECNICO realizado pelo MTE. Em Bacabal o programa será comandado pela jovem Natusa que é Secretaria Municipal de Juventude. Já em Icatú o comando será do jovem Marcos Araújo que também é Secretário Municipal de Juventude.

Em Cururupu o jovem Alysson Rogério foi convidado para fazer parte da Coordenação Municipal. Alysson é membro da Secretaria Executiva do FEJMA. E em Pinheiro o jovem Jeferson Moreira, presidente da União Estudantil Pinheirense (UEP), foi convidado pelo Prefeito Zé Arlindo para integrar a Coordenação naquele Município. Quem pode, pode!

Fundação José Sarney: manifesto de Alberto Franco revela deputados de ocasião


O manifesto de apoio dos parlamentares maranhenses apresentado pelo deputado Alberto Franco em defesa da permanência da Fundação José Sarney no Convento das Mercês revela a capacidade dos deputados maranhenses mudarem de opinião de acordo com o ocupante do Palácio dos Leões.

Com 26 assinaturas, o manifesto tem o apoio de deputados que em 2005, durante o governo José Reinaldo, votaram com o projeto do então deputado Aderson Lago, aprovado na Assembleia, que retirou o Convento das Mercês das mãos da FSJ, devolvendo-o ao poder público.

A época, o deputado Carlos Braide, que hoje assina o manifesto de Franco, votou pela retomada do convento, chegando mesmo a comemorar a vitória como prova de que o “grupo liderado por José Reinaldo está ao lado do povo”.

Na mesma linha votaram pela saída da fundação do Convento, e com a mudança de governo agora assinam pela permanência, os deputados Afonso Manoel, Antônio Bacelar, Paulo Neto e Stênio Rezende.

Alberto Franco estava de licença, em seu lugar a então suplente, Gardênia Castelo, votou pela devolução.

Na sessão desta terça-feira, Franco voltou a defender a aprovação do manifesto em plenário, justificando que o caso da fundação não passa de uma “campanha insidiosa” por parte de grupos interessados em prejudicar a família Sarney.

Chegou mesmo a dizer que caso o Convento fosse devolvido ao poder público, ele seria abandonado, como “vários casarões, que estão caindo no centro histórico”.
Esquece o deputado, que muitos desses “vários casarões, que estão caindo no centro histórico”, são de propriedade particular e em sua maioria de famílias tradicionais de São Luís, como os Murad, os Fecury e os Sarney.

Franco também atacou e classificou de desinformados os que dizem que a doação do convento para a Fundação José Sarney é ilegal. Mas foi a própria Justiça Federal em decisão no dia 14 de junho de 2009 que anulou a doação, a pedido do Ministério Público, com base em um decreto-lei, assinado em 1937, que impede que bens tombados pela União sejam doados a qualquer entidade de direito privado.

A FJS recorreu e o caso deve ser resolvido em Brasília, o que transforma o manifesto apenas uma expressão de desejo e oportunidade de alguns deputados se redimirem com a família Sarney, já que em 2005 votaram pela retirada da Fundação, e mais uma vez mostrar a capacidade de colocar a venta pra onde o vento sopra.

FONTE:www.jornalpequeno.com.br/blog/Raimundogarrone

TSE realizará mais uma audiência pública


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) convocou mais uma audiência pública com o objetivo de discutir as propostas de resoluções que vão orientar o processo eleitoral em 2010. Marcada para o próximo dia 22 de fevereiro, às 15h, essa audiência dará diretrizes para os Tribunais Regionais Eleitorais assegurarem, em outubro próximo, o exercício do direito de voto pelos presos provisórios e adolescentes em medida sócio-educativa de internação. Também poderá ser discutido o voto em trânsito, previsto para as capitais e apenas na votação para Presidente da República.

Desde dezembro do ano passado, já foram realizadas cinco audiências públicas, sendo que do dia 2 ao dia 4 de fevereiro deste ano foram discutidas as minutas de instruções sobre escolha e registro de candidatos e voto do eleitor residente no exterior; regras sobre atos preparatórios e prestação de contas e biometria e arrecadação de recursos por meio de cartão de crédito.

As audiências possibilitam que os partidos políticos, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), o Ministério Público e interessados em geral tragam sugestões ao relator das instruções, ministro Arnaldo Versiani. Os textos dessas minutas serão levados para a apreciação dos ministros em Plenário.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

UFMA divulgará nesta sexta-feira a lista dos aprovados para cursos de graduação


A Universidade Federal do Maranhão irá divulgar nesta sexta-feira (05) a lista de aprovados para os cursos de graduação da Instituição. De acordo com informações do Ministério da Educação, até as 19h desta quarta-feira (03) mais de 745 mil candidatos tinham feito sua inscrição no Sistema de Seleção Unificada (SiSU).

Após a classificação dos estudantes por meio do MEC, as 51 instituições públicas de ensino superior que aderiram ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como forma de ingresso às Universidades poderão divulgar a relação dos aprovados.

Ainda não há um número exato de inscritos por cursos de graduação oferecidos pela UFMA, mas até as 19h07 desta quarta-feira os mais concorridos eram: Medicina (2250), Direito (2145), Pedagogia (1910), Enfermagem (1793) e Administração (1533). Até as 18h58, o Maranhão era o 5º em número de inscritos por unidade federativa com 53.388 registros, seguindo São Paulo (98.794), Rio de Janeiro (79.651), Bahia (72.160) e Minas Gerais (71.400). (Da Ascom / UFMA)
Fonte: www.jornalpequeno.com.br

Ciro Gomes insiste na candidatura, critica Lula e petistas

Da Agencia O Globo/Gerson Camarotti
O Globo


O deputado e ex-ministro Ciro Gomes (PSB-CE) reforçou ontem sua estratégia de enfrentar o governo, o PT e o até o presidente Lula. Ciro deixou claro que a única forma de seu nome sair da disputa presidencial será por decisão do PSB. Em entrevista, no cafezinho do plenário da Câmara, o deputado enfatizou, várias vezes, sua divergência com a estratégia de Lula de ter uma única candidatura da base governista. Enquanto falava com os jornalistas foi abordado pelo deputado Luiz Sérgio (PT-RJ), que pediu para ele não brigar com Lula. O cearense foi direto com o colega: — Ele (Luiz Sergio) acha que discordar do Lula é brigar.

Concordar com tudo não é ser amigo. O Lula está errado.

Ao afirmar que o presidente erra nessa estratégia de polarização, Ciro argumenta que na política, se não houver diferença, se estabelece o conservadorismo.

Também considerou erros a saída do governador Aécio Neves (PSDB-MG) da disputa presidencial e a tentativa de isolamento da candidatura da senadora Marina Silva (PV-AC).

— Não precisa ser uma diferença inamistosa, grosseira. Mas se você não estabelece a diferença, de que vai viver o nosso povo? Nesse caso, vamos refundar no Brasil a cultura do chavismo, do peronismo. O (ex-presidente) Fernando Henrique Cardoso quis isso. O Lula, não. Tanto que recusou o terceiro mandato. Será que o confronto pragmático entre Dilma e Serra, entre o PT e PSDB faz bem ao país? Sobre a declaração da ministra Dilma de dividir palanque com ele, dada ontem no Rio, Ciro disse que ela foi “extremamente lisonjeira” e que fez uma “gentileza”. Mas deixou claro que estarão em palanques diferentes.

Perguntado sobre a possibilidade de ser vice na chapa da petista, foi categórico: — Não insultaria Dilma chamando para ser candidata a vice.

Eu quero ser candidato. Se ela quer também, estaremos do mesmo lado político, mas não eleitoral. No segundo turno é uma possibilidade mais do que real, é certa, se depender da minha vontade. Eu preciso, na defesa do interesse do povo, apresentar minha candidatura.

Ciro disse que atenderá a decisão do PSB, mas demonstrou resistência em ser candidato ao governo de São Paulo: — A única circunstância para eu desistir é se o PSB pedir para retirar meu nome, aí eu aceito docilmente. Agora, se o PSB pedir para ser candidato a governador de São Paulo, aí eu vou espernear e depois resolver.

Ciro alfinetou as candidaturas de Dilma e de José Serra, e disse que a retirada de sua candidatura é a “única unanimidade da agenda de mesquinharia do PT e PSDB”.

— Eu posso falar coisas que o PT não pode. Até porque as bases da aliança PT-PMDB não permitem. Não aguenta falar porque a moral dessa aliança é um roçado de escândalo. Não tenho que fazer homenagem ao (ex-governador Orestes) Quércia (PMDB-SP), como o Serra, e não tenho que fazer homenagem ao (senador) Renan Calheiros (PMDB-AL), como a Dilma.

Ele afirmou que a candidatura Serra representa o passado, que Dilma teria dificuldade de falar das lacunas do atual governo e que a sua candidatura sinaliza para o futuro. Ainda avalia que Serra não será candidato.

— Minha opinião é que o Serra não será candidato. O tempo está passando e os fatos se consolidando.

Ciro também foi para o confronto direto com o ex-ministro José Dirceu, que tem defendido a retirada de sua candidatura: — Ele não me pediu para retirar minha candidatura. Se pedir, mando pastar. Ele deveria assumir um certo recato. A conduta atual dele é golpista.

Para Ciro, Dirceu agiu como golpista quando era presidente do PT e abriu na comissão de ética um processo contra Lula para apurar as relações dele (Lula) com o compadre Roberto Teixeira — Lula havia sido acusado de tráfico de influência.

— Ele quis acabar com o Lula.

O Zé Dirceu estava decidido a destruir Lula — explicou Ciro, em entrevista para o jornal “O Estado de S. Paulo

FEJMA lança manifesto pela aprovação da PEC da JUventude


O Fórum Estadual de Juventude do Maranhão- FEJMA, lançou manifesto direcionado aos Deputados Estaduais, pedindo a estes empenho para aprovação da Proposta de Emenda Constitucional nº 005/2009, a chamada PEC da Juventude.

A proposta entrou na pauta do dia 03 de Fevereiro, entretanto, para aprovação é necessário quórum qualificado, necessitando da presença de maioria dos Deputados.

A PEC foi proposta pelo Depuado Rubens Junior (PC do B)no ano 2008, já tendo pareceres favoráveis de todas comissões, faltando somente aprovação em Plenário. Após anúncio da Reunião do FEJMA na cidade de Pinheiro, Rubens mobilizou a Assembléia Legislativa e chegou em Pinheiro com um documento que garantia que a PEC entraria na pauta do dia 03.

A mobilização pela aprovação da PEC foi o ponto central da reunião de Pinheiro, e já começou a render frutos. Cabe agora a juventude se manter mobilizada para garantir a aprovação.

Confira o teor do manifesto:



"MANIFESTO PELA APROVAÇÃO DA PEC DA JUVENTUDE

A juventude maranhense sempre teve um papel estratégico para o desenvolvimento do Maranhão. Ao longo dos anos obteve a conquista de vários direitos, resultado de diversas lutas e um histórico de participação social.

Desde 2002, o debate sobre políticas públicas (PPJ), no Brasil, ganhou maior relevância, principalmente a partir de 2005, no momento de constituição do conselho nacional de juventude, e da Secretaria nacional de juventude.

No Maranhão não foi diferente, iniciou-se o processo de discussão das políticas publicas voltadas especificamente para a juventude através da constituição da Secretaria Estadual de Esporte e Juventude (Sespjuv) e da criação do Conselho Estadual de Juventude (CEJOVEM).

Com os primeiro passos dados, a Assembléia legislativa através da comissão de infância, juventude e idoso promoveu a 1° audiência publica de juventude para tratar sobre assuntos pertinentes a juventude do Maranhão, entre elas a PEC da Juventude que transformara a juventude em sujeito de direitos.

A Proposta de Emenda Constitucional 005/09 que insere no capitulo dos direitos fundamentais, o termo de juventude na constituição estadual, ao reconhecer essa parcela da população, como segmento prioritário para elaboração de políticas públicas, como já fora feito com idosos, crianças e adolescentes, avançaremos nos sentido de superarmos paradigamas e problemas relacionados ao cotidiano da juventude maranhense.

Portanto o Fórum Estadual de Juventude do Maranhão-FEJMA, espaço de articulação das organizações juvenis, compreende que esta Casa, bem como os seus respectivos parlamentares que sempre estiveram empenhados em legislar em prol da juventude, cumpra mais uma vez o seu papel e garanta aos jovens seus direitos e garantias, sendo assim contamos com a sua colaboração para aprovação da Proposta de Emenda Constitucional 005/09, a chamada PEC da JUVENTUDE.


São Luis, 02 de Fevereiro de 2010.

Fórum Estadual de Juventude do Maranhão- FEJMA"



quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Oligarquia tenta criar factóide usando FEJMA

Depois de verem o feitiço virar contra o feiticeiro, as forças ocultas trabalharam o lançamento de uma nota em que um dos secretário executivos do FEJMA tenta desqualificar a nota de esclarecimento divulgada pelo secretário geral Rafael Oliveira. O objetivo da trama é fazer Rafael descer o debate do FEJMA aos níveis baixos de discursão. A nota divulgada por Rafael não cita nomes, não ofende ninguém. Compare as duas e diga em quais você se sente representado.

Com palavras pesadas e até acusações graves, como a da existência de uma "quadrilha" dentro do FEJMA, Francico das Chagas, conhecido como Chaguinha botou para quebrar. Entretanto, acredito que acusações levianas e insultos pessoais não ajudam a construir nada, ao contrário, só reproduzem os velhos sentimentos (ódio, inveja, rancor, imaturidade e outros mais) que norteiam a política maranhense há mais de 40 anos. Nossa obrigação é fazer diferente. Acredito que podemos discordar sem perder o respeito.

Fui citado na nota, mais não entrarei no mérito, por achar esta indgna, pois, nem mesmo no calor do mais alto debate fui capaz de agredir alguém ainda que verbalmente. Não faço acusações levianas e quando discordo tenho a ombridade de respeitar as pessoas. Ao Chaguinha e a toda Região do Médio Mearim reafirmo meu carinho, meu respeito, já prestado muitas vezes. Não revidarei para não descer a um nivel no mínimo reprovável.

Aos "esquecidos" e "perdidos" que acham que serão lembrados na intriga, não o serão com minha contribuição. Ao Rafael Oliveira, Saney Sampaio e demais membros do FEJMA me solidarizo.

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

FEJMA desmente blog de Décio Sá

O Secretário Geral do Fórum Estadual de Juventude do Maranhão- FEJMA, lançou nota de esclarecimento direcionada ao blogueiro Décio Sá. Na nota Rafael Oliveira contesta uma matéria que tratava da reunião do FEJMA na Cidade de Pinheiro.

Segundo Rafael, a nota foi encaminha ao blogueiro. Bom, perguntar não ofende: alguém acredita que Décio publicará as informações verdadeiras?. Aqui publicamos em primeira mão. Segue a nota:

Fórum Estadual de Juventude do Maranhão- FEJMA

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Prezado Décio Sá,

Tive conhecimento de matéria publicada em seu blog tratando da reunião deste Fórum realizada na Cidade de Pinheiro nos dias 29, 30 e 31 de Janeiro de 2010. Ao ler a matéria, fiquei surpreso com teor, haja vista, que vários fatos relatados não condizem com a realidade.

Pela minha responsabilidade como membro do FEJMA , em respeito aos jovens presentes e aos parceiros do FEJMA e com o compromisso da verdade, faço alguns esclarecimentos, que solicito a Vossa Senhoria que os publique. Seguem os esclarecimentos:

1. O FEJMA é constituído de entidades juvenis do Maranhão. Nele podem participar dentre outros, movimento estudantil, juventude partidária, pastorais, ou seja, um número ilimitado de instituições da Sociedade Civil;

2. Não temos nenhum tipo de subordinação com o Conselho Estadual de Juventude ou com qualquer outro órgão governamental. A relação que mantemos com o poder público é de permanente diálogo e parceria, sobretudo, para implementação das políticas públicas de, com e para juventude;


3. Cabe dizer, que se houvesse subordinação, seria o inverso, ou seja, seria o Conselho subordinado ao FEJMA, vez que o FEJMA indica metade dos Conselheiros. Entretanto, a palavra subordinação não nos soa bem, tem resquício de autoritarismo. Daí, que repetimos, o FEJMA é independente;

4. A reunião do FEJMA é coordenada pela Secretaria Executiva, órgão constituído por 05 membros das diversas regiões do Maranhão, cabendo aos jovens da Cidade Sede a organização local. Logo, é descabida a informação que a reunião foi organizada por balaios. A reunião foi organizada pela direção do Fórum, eleita na Cidade de Morros em Abril de 2009;

5. Quanto ao Prefeito Zé Arlindo, este não era organizador do FEJMA. O Prefeito de Pinheiro foi parceiro , diga-se de passagem, uma pessoa séria e serena, que soube respeitar a autonomia do Fórum. Faça-se um justo registro, que tanto Zé Arlindo quanto os demais Prefeitos de Cidades que sediaram o FEJMA nunca se intrometeram nos assuntos internos do Fórum, até por entenderem qual o espaço do poder público e qual espaço da juventude. Um exemplo que muitos deveriam se tocar e seguir;


6. No tocante a participação do Presidente do Conselho de Juventude na mesa de abertura, não houve qualquer tipo de tentativa de boicote. Até agora, a bem da verdade, não compreendemos porque de tanta confusão, haja vista, que na mesa encontrava-se a representante da Baixada Maranhense no referido Conselho, portanto, o órgão já estava representado. Acreditamos que as instituições sejam mais importantes que as pessoas;

7. Por fim, quero afirmar que o FEJMA não é oposição ao Governo do Estado. Nosso papel é dialogar com os governantes, sejam eles quem for. Tanto é assim, que o atual Secretário de Esporte e Juventude, Senhor Roberto Costa foi convidado para participar da reunião realizada em setembro de 2009 na Cidade de Imperatriz, entretanto, este não fora ao evento, não encaminhara representante e tampouco justificou ausência. Logo, não é o FEJMA que tem se negado a dialogar.

São Luís (MA), 02 de Fevereiro de 2010.

RAFAEL OLIVEIRA
SECRETÁRIO GERAL DO FEJMA