sábado, 13 de fevereiro de 2010

Oligarquia Sarney trama manifesto contra Castelo

Bastou ser anunciado o aumento de passagem no transporte coletivo de São Luís que uma centena de "zumbis" travestidos de lideranças estudantis reapareceram para ocuparem o sistema de comunicação da família sarney. Todo aumento de tarifa incomoda a população, é assim com a conta de água, de telefone, das passagens intermunicipais e do ferry-boat, mais as "lideranças estudantis" só enxergam o transporte coletivo de São Luís, porque será? Teria algum motivo oculto que os estudantes de São Luís desconhecem? Teria alguma coisa a ver com a folha de pagamento da SMTT? Seria vingança? Façam suas apostas...

A desconhecida Islane, intitulada presidente da UMES anunciou no sistema mirante que recorrerá ao Ministério Público contra o aumento da tarifa. A primeira vista parece uma justa reivindicação da classe estudantil, se não fosse pelos detalhes um tanto quanto cômicos.

Islane preside uma entidade que só ela no seu profundo imaginário sabe de sua existência. Ninguém, extamente ninguém, conhece outra ação da UMES a não ser "protestar" contra o governo do Prefeito João Castelo. Para quem não lembra, Islane foi uma das autoras do fracassado acampamento pelo passe livre, movimento que não reuniu mais que 05 pessoas e que nutria a suspeita de ser financiando por membros do governo de Roseana Sarney.

Curioso que a jovem revolucionária não dá uma palavra acerca do viva grêmio, idelaizado pelo dublê de secretário Roberto Costa, de quem Islane cultiva uma boa amizade. O que falar então da precária condições das escolas públicas estaduais? Bom, esse assunto deve ser tabu para essa gente.

Vale lembrar que a revolucionária da mirante participou também da tentativa frustada de invasão do lançamento do livro honoráveis bandidos. Ainda precisa dizer a serviço de quem essa gente tá? Mera conhecidência do destino...

Enquanto isso a UMES segue com sua sede fechada, sem nenhuma ação concreta, o governo de Sinhá Rose paga com dinheiro público funcionários para fundarem grêmios e seguirem as ordens patronais, e ela? não diz nenhum pio.

Estamos preparando um artigo especial para contar a história dos bastidores do Mivimento Estudantil de São Luís. O trabalho certamente fará defuntos levantarem dsa covas.

Um comentário:

  1. Você não pode deixar de assistir.

    No Senado:

    http://www.youtube.com/watch?v=5yJAp2HEWpE

    No Senado do Planalto Central, os minutos finais estão contados. Mamatas vão surgindo, atos secretos são descobertos, parentes são listados em folha de pagamento, a imprensa está chegando perto. Ao Senador, só há uma saída: cianureto + pistola ... ou voltar pro Maranhão, é a mesma coisa....

    Disclaimer:

    Todos os direitos reservados a Konstantin Film Produktion GmbH. Este vídeo é uma paródia e sua intenção é somente recreativa. Nenhuma opinão aqui expressa é devida aos detentores dos direitos.

    All copyrights reserved to Konstantin Film Produktion GmbH. This video is a parody and its intention is recreational only. No opinions here expressed are due to the rights owners.

    Categoria: Humor

    ResponderExcluir